Pressione enter para pesquisar

Dupla infalível do prato feito, arroz e feijão

Alimentos não escaparam da inflação que assola o bolso.

26 de Janeiro de 2016 Publicada as: 09h10

Dupla infalível do prato feito, arroz e feijão subiram 10,9% e 5% neste ano.

Alimentos não escaparam da inflação que assola o bolso.

Imprescindíveis na alimentação do brasileiro, arroz e feijão também tiveram reajustes.

Presente na alimentação da maioria das famílias brasileiras, o tradicional prato feijão com arroz não escapou dos efeitos da alta da inflação em Campo Grande e está mais caro para o consumidor da Capital. Enquanto o preço médio da leguminosa teve alta de 10,9% neste mês em relação a um ano atrás, o do cereal está 5,5% mais caro, aponta levantamento do Núcleo de Pesquisas Econômicas (Nepes) da Universidade Anhanguera-Uniderp.

Para realizar o estudo, o Nepes pesquisou sete marcas de feijão do tipo 1 e de um quilo. Em um ano, cinco apresentaram alta, que chegou ao índice máximo de 49,6%; já para as marcas que tiveram queda, os porcentuais foram, respectivamente, de -32,9% e -7,7%.

Já com relação ao arroz, foram avaliadas cinco marcas de arroz tipo 1, de cinco quilos. Na comparação anual (agosto de 2015 e 2014), por item, quatro variações foram positivas (de 6,9% a 13,2%), enquanto uma das marcas apresentou redução (-12,7%).

Fonte: Correio do Estado.

Voltar

Indicadores
econômicos